sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Orgulho do tio-coruja

O quadro O que estou lendo? desta semana é familiar. Acredito não ser justo ter uma menina amante da leitura em casa e não prestigiar sua virtude por ser minha sobrinha. É um verdadeiro caso de nepotismo do bem, onde vale os bons exemplos. A presença de minha sobrinha Júlia nesta página é motivo de orgulho para este tio que desde quando ela tinha dois, três anos já lhe dava livros. Hoje, posso ver com meus olhos os frutos desse investimento feito em pequena parte por mim, mas muito mais por incentivo de seus avós e pais. Agora com 13 anos, a Júlia lê mais que este tio-coruja e que a maioria dos adultos na cidade. E pela família de minha mulher Samantha, tenho outra sobrinha, a Carminha, dois anos, que desde meses de idade já gosta de manusear livros. E hoje, ainda sem sabe ler, folheia os livrinhos criando suas próprias histórias. Modéstia à parte, estou muito bem servido de sobrinhas, um orgulho para esse tio-coruja.

Nenhum comentário: